sexta-feira, agosto 13, 2010

Faz-de-conta

Todos gostam de um jogo de faz-de-conta de vez em quando. Claro que as maneiras que jogamos podem variar imensamente. Às vezes nós dizemos a nós mesmos que o trabalho não irá interferir na nossa vida pessoal. Às vezes, imaginamos certos relacionamentos mais significativos do que eles são realmente. Ocasionalmente, nos colocamos na berlinda, como se para nos convencermos que nossos segredos não são tão terríveis assim. Sim, o jogo do faz-de-conta é bem simples. Você começa quando mente pra si próprio... E se você consegue que os outros acreditem em suas mentiras, você vence.

Um comentário:

Anônimo disse...

Ás vezes faço de conta que esta tudo bem, para não piorar "situações"(Faço de conta que não estou com medo...triste, que não estou inseguro, faço de conta que não ouvi determinadas "coisas" que me deixe trite, Faço de conta que sou forte.)

Ás vezes as pessoas se engana com que pensa. Você sabe muito bem disso. A razão não é tão benéfica!


"Eu amo aquele que me ama!"