domingo, outubro 28, 2007

Pronome Possessivo


As coisas são tão engraçadas, quando se é olhada do seu crisol de tempo limitado de vida e morte.

Já imaginou quanto tempo é perdido com briguinhas com namorados, amigos ou colegas de trabalho?

Perdemos tanto tempo com coisas tão tolos que de tanto conviver com elas, nos acostumamos a achar que essas coisas fazem parte da vida e, que na verdade o que faz parte da vida, não são as briguinhas de amor e amizade, mas sim o tanto de amor e amizade você consegue obter no período de sua vida.

Muita gente me fala que a melhor parte do namoro são as discussões para depois poder fazer as pazes e também o sofrimento por amor. Eu já acho que a melhor coisa é você viver intensamente cada momento da relação, se separou, está sofrendo, vai atrás de outros prazeres. Essa vida apegada a somente uma coisa por muito tempo é a meu ver, uma relação de poder e domínio sobre objeto.

Muita gente, por conviver muito com outras, ou acham que são donos ou são dependentes destas. E que quando se separam os dois perdem, perdem, pois um acha que perdeu o objeto o outro acha que perdeu uma parte de si. Como um dono de um cachorro, o cachorro perde o carinho do dono e o dono perde o “bichinho” de estimação dele.

Engraçado não?

Mais engraçado é quando fazemos algo por motivos de outros nos terem feitos. Uma obrigação falsa que instalamos em nós mesmos, como troca de favores ou ser bacana com quem nos é bacana. Mas este caso, deixarei para a próxima.

Cuidem-se!

P.S. As pessoas sempre buscam dominar, mesmo que para isso elas sejam dominadas!

2 comentários:

Mr.Parker disse...

ora ora, dominar � fator dominante e n�o recessivo na nossa gen�tica ><

Guilherme disse...

vdd xD dominamos ou somos dominados eis a questao xD