sábado, maio 19, 2007

Como uma carta na manga


Com que razão, você me faz sentir que sou um Coringa?
Me deixe tornar o par que falta para você se completar.
Sou uma carta solitária, sem um par ideal, sem você.
Me complete e faça que a minha loucura adormeça no meu leito.
E que meu sorriso mostre realmente a felicidade, não o vazio dentro de mim.


Adoro tomar o lugar das outras cartas inúteis para mim.
Já que não tenho um par ideal e sou o par ideal para todas as outras.
Como o meu sangue, tipo O.
Do qual saboreei inúmeras vezes por tua causa.
Agora quero saborear o teu e adentrar, através dele, na tua mente.

5 comentários:

Anna disse...

permito. hehe.

você possui um espaço dentro de minha imaginação...e minhas palavras.

já te disse disso?

;)

D disse...

Tens o dom de fazer perder o fôlego nas palavras que escreve.

:)

Anna disse...

lembre-se...(fazendo menção ao teu comentário)

eu te levo até onde você quiser...
o que acha?
o público...e o privado..são variáveis.
:P

beijos moço Edgar

centauro disse...

te conhecendo agora e apreciando demais o que escreves.Abraço e boa semna.

Mr.Parker disse...

hmmm

sem querer desmerecer o texto, mas eu tenho um comentario inutil bem legal

CONHECI ALGUEM DE CUIABA!

tá, deleta isso pra eu nao ficar com cara de retardado