quinta-feira, abril 26, 2007

Isso, Bom Garoto

Prazer.

Humm... delícia.

Me da água na boca saber.

Que tudo que envolve as necessidades humanas, se resume no prazer.

No prazer da humilhação. Da satisfação. Da força. Da posição. Do conhecimento. Da competição. Do Sexo. Do Amor. Da Dor.

Pensamentos. Julgamentos. Culpa e Prazer. Dois lados da mesma moeda.

Não podemos negar que tudo que é bom, é proibido, principalmente quando ele é elevado ou ainda quando é diminuído. O meio. A perfeição está no meio.

“No meio do caminho tinha uma pedra.”

Dificuldades para chegarmos à perfeição. Facilidades para obtermos satisfação. Pequenas coisas da vida, efêmeras mas marcantes, nos da tremenda satisfação que passa a tomar uma grande necessidade de vício fulminante. Sempre mais. Quero mais. Dê-me mais.

Ahhhhh...

Aumente a velocidade, aperte mais um pouco, estou chegando. Isso acelere, mais rápido, mais forte, forte, forte, aperte, alise, lubrifique, isso, rápido, mais rápido, vai, estou quase lá, prepare-se, sinta, isso, vai, ahhhhh...me limpe, se satisfaça, se culpe, ASSASSINO.

Relaxe. Curta. A vida é curta. Mas estou em todos os lugares, dentro de você. Esperando. Atiçando. Cegando. Diluindo. Sorrindo.

Esperando mais uma vez que seu lobo pré-frontal (o centro de boas maneiras), se curve e deixe o prazer tomar conta de todos os seus atos guardados, no fundo de sua mente pervertida e preconceituosa.

2 comentários:

Anna disse...

humm.
isso me deu idéias.

mas, preciso discordar..de um certo ponto, na verdade, lhe questionar...porque você alega que tudo que é bom é proibido? será mesmo isso?

Anna disse...

agora...depois de ler teu comentário... me fez mais sentido.

;)