domingo, agosto 27, 2006

I Put A Spell On You

Espero cantar essa musica segunda-feira, não ouvi-la.



quarta-feira, agosto 23, 2006

Esperando...

Mudei de idéia. Não irei expor a minha opinião sobre a inteligência das pessoas e nem do que ela faz. A única coisa que digo é: à medida que a inteligência aumenta, a felicidade diminui.

Hoje, finalmente, voltaram às aulas na facul. E entraram várias pessoas interessantes lá, tanto como meninos e meninas. Mais meninas claro. Espero conhecê-los e também espero que sejam legais e não fiquem correndo atrás de mim para eu dar aulas nos fins de semana de matemática. Só gosto de ser monitor de matemática, pela influência que essa matéria tem e pelo dinheiro que recebo. Haishdiasdhasiudhaiudhsaiudsa Que nada, eu gosto de ensinar mesmo.

Ainda não sei quando será a festa de acolhida para os calouros, mas espero que seja breve, quero escrever algo aqui que vocês quando lerem goste. Escrever uma coisa mais emocionante, amorosa, excitante, algo interessante, não somente as minhas idéias loucas que sempre tenho.

Vocês já assistiram ao filme, Hocus Pocus (Abra-cadabra)? Eu amo esse filme, principalmente as musicas tocadas neles, as musicas que as bruxas cantam. Vou colocar um vídeo de onde tirei o titulo do meu blog.

"Come Little Children"
Sarah Jessica Parker

From the Movie Hocus Pocus
(Tirada do filme Abracadabra)


Come little children, I'll take the away;
Into a land of enchantment...
Come little children, the time's come to play;
Here, in my garden of magic.


{Venham criancinhas, Eu lhe mostrarei o caminho
Até a terra do encantamento...
Venham criancinhas, é hora de brincar;
Aqui no meu jardim de mágica}.

Se alguém quiser trocar umas idéias comigo, me passem o msn de vocês que eu os adiciono.

segunda-feira, agosto 14, 2006

Conhecimento, Meu Bem Seu Mau.

Estava lembrando de quando eu cursava o 3º ano do ensino médio. De quando a professora de português me apresentou uma obra belíssima, A Divina Comédia de Dante Alighieri. Ela apresentou várias obras da literatura nacional e estrangeira para os alunos, para que apresentassem um seminário sobre os livros.

Como o meu livro era o mais comprido e complicado, ela deu um mês de prazo para a entrega do seminário e como ele tem 3 partes, inferno, purgatório e céu, eu tive dois colegas para formar um grupo e explica-lo. Eu fiquei nada mais nada menos do que a parte do inferno, que era a mais complexa e maravilhosa parte de toda a magnífica obra.

Queria ter lido o livro todo na época, mas quando comecei a ler a parte do inferno, vi que ele exigiria tempo e dedicação, pois lá existem vários personagens históricos e metáforas com ligações da época de Dante, metáforas estas, muitas vezes políticas.

Precisei de 2 aulas e metade de uma para explicar, sem muitos detalhes, a parte que fiquei encarregado. Foi tão bom ter explicado essa obra, pois foi a primeira vez que varias pessoas param e prestaram atenção, sem questionar, no que eu dizia. Ouviam atentos e se surpreendiam quando eu entrava nas esferas seguintes, citando os castigos e as personalidades que sofriam os mesmos.

Os elogios que obtive da parte da professora, que disse que eu havia mostrado outro sentido e explicado coisas que passaram batidos quando ela tinha lido há muito tempo. Senti-me o máximo, me senti tão bem que gostaria que sempre fosse assim, que sempre parassem para ouvir sem questionar ou ridicularizar-me diante dos outros.

Então notei que o conhecimento que cada pessoa tem é importante, não para somente a sociedade, mas para a própria pessoa, pois ter o domínio é muito bom, é coisa de Deus. E o conhecimento da poder, muito poder. Também apresentei um seminário sobre o conhecimento proibido, qualquer dia eu posto ele aqui, muitos na faculdade gostaram, uns gostaram tanto que defenderam as mesmas idéias que eu defendi no meu. Huehueheuheu

E é com esses conhecimentos de mundo, que brinco com as pessoas na faculdade, sempre as deixando curiosas com as comparações e metáforas que faço, sem esquecer do eufemismo que uso para as pessoas que não suporto muito. E minha mãe sempre diz: ”Filho, inteligência demais, só faz as pessoas se afastarem, pois quem é muito inteligente, perde a modéstia e se torna prepotente”. Irei comentar isso em outro post.

sexta-feira, agosto 11, 2006

Uninvited



Video do Dr. Hannibal Lecter e Clarice Starling.

segunda-feira, agosto 07, 2006

Sim, não, quem sabe?


Ultimamente não sei muito bem o que anda acontecendo na minha vida.

Não bastam eu viajar, conhecer pessoas maravilhosas, lugares bonitos, que um vazio se apodera de mim quando discuto ou tento modificar as minhas escolhas. Escolhas estas que não partem de mim, pois elas dependem de outras pessoas para poderem ser realizadas e elas nunca o são.

Às vezes fico pensando se devo chorar, pois já esqueci da ultima vez ou se devo sair e dar muitas risadas, nem se for locando um filminho de comédia.

O meu lado direito diz: “Vai manda esse povo para os quintos dos infernos, se vingue, mostre o que há de venenoso e adorável em você”. E o meu lado esquerdo fala: “O amor é tão bonito, se apaixone que você não se importará com o que às pessoas falam ou fazem, quem está apaixonada vive feliz e no mundo da lua”.

Eu não quero ficar no mundo da lua, ficar pensando 24 horas por dia numa pessoa que alias, não ama com a mesma voracidade que a outra. E também não quero ficar mostrando o quanto sei ser mau, as pessoas já não gostam de mim, por eu ser diferente.
Esquerdo ou Direito, Esquerdo ou Direito, tanto faz, tanto faz...dependo das escolhas das outras pessoas mesmo.

Não vejo a hora de voltar às aulas, prefiro estudar, ficar enfiado nos livros do que passar tempos e tempos sem fazer nada. Preciso ocupar a minha cabeça com outras coisas, coisas novas e difíceis, coisas que me façam ter um conhecimento diferenciado dos demais.

P.S. A única coisa que eu peguei na viagem, foi uma bela de uma gripe que ficou comigo uma semana e me largou. Estou terrivelmente acabado por causa dela. Até os vírus não me querem...asiudhsaiudhasiudhaiudas